sexta-feira, 15 de junho de 2007

Restolhos




Estou com 31 anos de idade.
Desde muito cedo, me envolvi com coisas que na época seria categorizadas como coisas de "nerd". Primeiro os gibis, depois os videogames, depois os RPGs e por ultimo os animes, os tais desenhos japoneses.
Tudo ficou para trás. Cansei dos gibis por causa dos videogames, que me enjoaram por causa de meus ditos "amigos", daí veio o RPG, que durou um tempo, me rendeu risadas e bons momentos de descontração, mas não me divertia, daí veio a época da otakice desvairada. Queimei um dinheiro muito bom com editoras de playboyzinho da Vila Mariana, com japoneses que nivelam todo mundo ao nível de otaku idiota e com uns outros que faziam de conta que tavam preocupados com um tal "gibi nacional", mas tavam nada. Era só ego.
Acumulei muita coisa. De Gradius a Gurps, de Akazukin Chacha a Prince of Persia.
Vou começar a escrever sobre isso.
Vamos ver o que dá. =) Vou deixar guardado isso tudo que vi, passei e joguei para quê?

4 comentários:

Kajiya disse...

Que texto dramático.

Mas é vero, tudo na vida passa. As pessoas, as situações, nosso vicios...

O que resta? Daí varia de pessoa pra pessoa...

Fabiano Alves disse...

Mário, a busca é longa cara.
Fica muita coisa pelo caminho, como tu pôde notar no texto.
Eu acho que deveria me esforçar em tentar encontrar a mim mesmo e o que eu sou, de verdade.
Sem essas de viagens de anime, gibi, rpg, isso tudo é pra despistar. De boa cara? Começo a crer que eu tenho medo de me encontrar.
Vamos ver, né? =)

Anônimo disse...

você é tolo! os momentos que se divertiu com todos os mangas , etc
sera q isso naum conta pra vc.sabe
temos q aproveitar os momentos bons e guarda-los naum foi perda de tempo ...foi uma experiencia de prazer q fica sente e passa como tudo; fla serio cai na real xD vc viveu--tuts

The Fool disse...

Sim, Anônimo. Eu sou um tolo. Olha meu avatar e tenha certeza disso.
Ademais, vou pensar sobre o que você disse. Dou retorno logo.
Valeu.