segunda-feira, 30 de julho de 2007

E assim, se encerra um ciclo.


Foram-se dois anos. Por dois anos me dediquei a lesar o Estado, por um vingancinha pessoal, mesquinha, e sem sentido.
Me juntei à trupe que ligava o "foda-se" e deixava tudo de lado.
Eu pensava que o Estado poderia mudar, melhorar até porque eu o estaria lesando.
Egocentrismo meu, não?
Pois é. O Estado continuou na mesma, senão pior do que antes de eu começar a lesá-lo.
Fiz diferença pra alguém por esse meu ato de "vingança" contra o Estado?
Não. Se fiz, só o fiz somente para meu bolso e olhe lá.
A meu ver, temos raiva do Estado. Ele é indesejado e desde sempre só sabe nos atrapalhar.
Daí, nos vingamos dele, fazendo pequenas coisas: pixamos muros de instituições públicas, roubamos, agredimos funcionários públicos, sonegamos impostos comprando coisa pirata e por aí vaí.
Coisas pequenas, mas que lesam o Estado e assim nos vingamos dele por não nos tratar como merecemos.
Entretanto, o Estado não melhora. Não importa o quanto seja lesado, ele não muda e continua, dia após dia, a nos tratar com a mesma ignorância e despeito de sempre.
É um círculo vicioso. Você desconta no Estado porque ele não trata bem, e o Estado desconta em você porque você também não o trata como merece.
Não vamos entrar no mérito de quem começou, ou de quem seria a culpa.
De minha parte, parei de lesar o Estado a partir de hoje.
Foram dois anos lesando o Estado. Ele não mudou. Porque eu continuar com isso o faria melhorar?
Não melhora, fato.
É isso.

9 comentários:

Rocco disse...

de que forma voce julga que lesou o estado?

Fabiano Alves disse...

Esse é o ponto. De fato, não lesei.
Mas é aquele negócio, a gente pensa, acha, supõe que está lesando.
Mas não está.
Fiquei, quando muito, tacando pedrinha em mastodonte.
Mas percebi que eu e mesmo outros tacando pedrinhas no mastodonte, não faríamos ele mudar.
Outros continuam, eu parei.

Carola Richardson disse...

Adorei o texto.
Você tem razão, lesar o Estado não leva a nada mesmo. Não melhora e pode vir a piorar em seu ponto de vista.

Gostei mesmo Fabi, achei bem legal.

Rocco disse...

seja HOMEM pra variar
aliste-se no exercito brasileiro, JOVEM
e sirva o estado

Cauana, Cacá, Cacau, Cau, Cah disse...

Oie!
Eu acho que esqueci de passar aqui para agradecer o ultimo cometario!

Bem, já pensei mto no seu post, e sabe oq é!
Qaundo nos lesamos o Estado, estamos ajudando aqueles que já estão nos prejudicando, e eu escrevi um pouco disso no meu post de hoje!

Estou com uma campanha importante, cansei de me preocupar com os governates, agora quero salvar vidas, mesmo sabendo que se nós não cuidamos do planeta tudo é em vão....

bem, se vc qser me ajudar essa campanha está no meu blogger, é contra Anorexia e Bulimia, digo vale a pena ler meu post!

Bjusss
Fica com Deus
e se cuida.....

Rocco disse...

Parem de botar a culpa no estado.
Tao sem dinheiro? Trabalhem um pouco.
Tao ficando burro? Estudem.

Fabiano Alves disse...

Trabalhar e estudar...
Boa Rocco. =)

Fabiano Alves disse...

Carola, sabe que eu acho que a gente deveria prestar mais atenção nas coisas? Tava comentando isso ontem no msn com uma colega, as pessoas tendem a não perceber qual é a real das coisas.
Daí, ficam se tapeando e/ou sendo tapeados.
É foda, mas as coisas são assim.

Fabiano Alves disse...

Olá Cah!
Então, é aquela coisa. Um erro não vai consertar uma coisa errada. Vai no máximo fazer justiça para você e tão somente você.
O problema fica lá. Impassível.
Até que se resolva que ele tem que ser consertado.
Mas aí pra consertar são outros 500...