segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Crítica - A Jornada do Lupe - 1ª Temporada


Olá!
É estranho eu fazer uma crítica a um fanfic aqui, mas o caso é que preciso. Realmente.
Conheci o autor, Lucas Emanuel Batista do fórum do bRO por causa de uma quest postada por minha pessoa quando eu ainda frequentava o mesmo. Não por nada, conversa vai, conversa vem, ele pede para eu adicionar ele no msn. Ok. Mais um papinho e ele comenta da fanfic de Ragnarok dele, chamada "A Jornada do Lupe".
Me pede para que eu leia. Oh, sim!  Porque não, né?
Ele, muito gentilmente, me passa as 3 temporadas em formato .doc. Abro a primeira temporada e tomo um susto: mais de 100 páginas!
Não vou mentir, fiquei com preguiça de ler, mas ele tanto pediu que encarei e...
Meu Deus.
É péssima. Péssima no sentido de contar uma história. Não tem graça, não tem emoção alguma.
A primeira temporada foca no Lupe, personagem principal e protagonista. Ele era um menino de rua que vivia de pedir esmolas e ser chutado por alguns gatunos jovens como ele, que gostavam de atacá-lo para tomar o dinheiro das esmolas que ele conseguia.
Um começo um pouco marginal, não?  Um dia uma sacerdotisa de nome Lily aparece e salva Lupe de mais uma surra e o leva com ela para ser um aprendiz e ter um futuro melhor.
Tudo muito normal, não é?
É esse o problema. Tudo é normal demais, não existem envolvimentos densos entre as personagens. Mesmo as ações são mal pensadas, os vilões tolos e rola uma chupação nervosa do anime do Ragnarok Online, que convenhamos, não é lá essas coisas.
Além disso, existem alguns vícios na fic em si, todos os personagens malvados quando dão risada sempre são risadas sarcásticas. E onde já se viu um lorde morto-vivo poderoso apelar pra um maguinho que era moleque de rua pra realizar um grande esquema?  Nada a ver!
Eu comentei das mortes?  Bem, comentarei. O protagonista em questão, Lupe, deveria ter morrido por baixo, 3 vezes nessa primeira temporada. Não morreu porque o autor, Lucas Emanuel vacilou nervosamente no texto.
Ele joga situações perigosa em cima do personagem, sabe que ele não tem como resolver isso, e daí apela pra saidas que fodem de vez o roteiro.
Exemplos:

O Esqueleto Arqueiro virou e viu Lupe e disse:

–Então foi você que jogou essa pedra na minha cabeça, VOCE VAI MORRER.

Lupe correu e o Esqueleto Arqueiro ficou atirando flechas pra cima dele, Lupe conseguiu esquivar, mas o arqueiro continuava a disparar flechas, Carol vendo isso resolveu chamar os outros que estavam no quarto,mas o Esqueleto General ficava bloqueando a porta, ela ficou escondida atrás de um arbusto, preocupada ela disse baixinho:

–Preciso chamar os outros, Lupe está correndo perigo.


 ----------------
Eu devo comentar? Um aprendiz esquivando de flechas, sendo que nem tinha treino pra isso. 
E isso é só a ponta do iceberg. Tem outras "quase-mortes" tão absurdas quanto essa. 
Ah, e os personagens!  Desde a primeira temporada, um batalhão de personagens aparecem, morrem e aparecem novos nesse fanfic. Sabe aquele dito que se tu não consegue dominar a narrativa com dois, três personagens que sejam, não adianta ficar jogando personagem a torto e a direito na trama? 
Pois é, não funciona. Mas nessa primeira temporada isso ainda não é o grave, a coisa piora muito nas outras temporadas.
Aliás, porque raios usar o termo "temporada"?  Até nisso o Lucas copiou o anime do Rag. 
Enfim, quem quiser arriscar a ler a primeira temporada, basta ir no site da Nécropole Comercial aqui:
Já deixo avisado que não é grandes coisas,embora o autor se ache um novo Arthur Conan Doyle dos fanfics, mas se tu estiver com tempo livre...pode servir como passatempo. 
E só!

4 comentários:

Lionel Ritchie disse...

"Lupe correu e o Esqueleto Arqueiro ficou atirando flechas pra cima dele, Lupe conseguiu esquivar, mas o arqueiro continuava a disparar flechas, Carol vendo isso resolveu chamar os outros que estavam no quarto,mas o Esqueleto General ficava bloqueando a porta, ela ficou escondida atrás de um arbusto, preocupada ela disse baixinho:"

isso é maravilhoso.

The Maid disse...

@ Lionel Ritchie:

Não sei o que dizer, então o que tu disse tá dito!

Lionel Ritchie disse...

tenho vontade de ler tudo e fazer um audibook, mas agora deu preguiça. alguém faz pra mim.

The Maid disse...

Eu faria um audiobook, teria o sub-titulo de "como não fazer um fanfic", mas suspeito que se eu fizer isso o Luquinhas Emo-noel vem pra cima de mim me acusando de plágio, creio.
Fora que ele me bloqueou no Facebook, não deve estar muito feliz com o que eu disse pra ele!