terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Fest Comix 2012: Eu fui!




Olá!

Bem, eu tinha prometido para a Angie uma matéria falando da Fest Comix 2012, então cá está ela!


O que é a Comix?

A Comix Book Shop é uma loja de quadrinhos, figuras de ação, DVDs e outros objetos instalada em São Paulo desde 1986. Ela possui em seu site uma loja virtual que vende todos os artigos encontrados na loja física e desde 2001 realiza em São Paulo o Fest Comix, onde se vende todos os itens da loja por preços reduzidos.

E o Fest Comix?

Eu me lembro que o Fest Comix bem antigamente era realizado no prédio onde fica a Fundação Casper Libero, conforme os anos foram passando e o público aumentando, o evento tem sido realizado no Centro de Convenções São Luis desde então.
Paga uma quantia para entrar no evento, mas nada demais, esse ano o custo foi de 10 Reais, uma vez lá dentro você poderia ir comprar os mangás e quadrinhos que desejasse com desconto ou participar das atividades e palestras que ocorrem lá dentro.
Entre as atividades, videogames ligados direto, cosplays e palestras com artistas envolvidos com lançamentos que aconteciam no evento.
Ah, e mesmo os lançamentos vinham con descontos em relação ao preço de capa.
Esse ano a quantidade de pessoas extrapolou as expectativas. A fila para comprar um ingresso e entrar no evento dobrava o quarteirão, eu mesma(o) não pude entrar num primeiro momento. Saí para dar umas voltas com amigos e voltamos mais tarde.
Pensem num lugar cheio de mangás. Não só mangás de praticamente TODAS as editoras, mas também quadrinhos de super-heróis, Marvel DC, Image, Quadrinhos alternativos brasileiros, Mônica Jovem, Luluzinha Teen, quadrinhos desse ano, de 3, 4, 8 anos atrás ( quando os mangás começaram a pegar forte no Brasil ).
Tinha tudo isso lá.
Alguns títulos poderiam ser adquiridos por R$ 1,00. Sim, você não está lendo errado, tinha revista lá saindo a UM REAL. E o que não estava a esse preço tudo tinha desconto em cima do preço de capa.
Não me admira que tinha fila para entrar lá. Guardadas as proporções acho que não seria errado pensar que o Fest Comix é a coisa mais próxima do Comic Market do Japão, aquela lendária convenção anual de quadrinhos onde os artistas japoneses vão vender seus mangás feitos em casa ( chamados doujins ).

Presenças  Internacionais

Todos os anos a Fest Comix recebe autores nacionais e estrangeiros durante o evento. Esse ano, a presença de autores de Mahwas ( os quadrinhos coreanos ) foi um dos pontos altos do evento.
Park Sang-sun é a autora de Tarot Café e Ark Angels, ambos publicados no Brasil pela Editora New Pop.
Kim Byung Jin é o desenhista de Chonchu - o Guerreiro Maldito, publicado aqui no Brasil pela Editora Conrad.
Essas coisas fazem eu pensar que talvez o dia que teremos algum mangaká famoso por aqui não esteja distante.

Uma opinião pessoal

Eu coloco mais fé na Fest Comix do que em Eventos de Anime convencionais, como o Anime Friends. A premissa da feira é sincera: vender quadrinhos mais baratos e ter outras atrações. Só por isso ela funciona muito bem. O preço da entrada não é salgado como nos eventos e com um pouco de dinheiro você pode sair de lá até com coleções completas de mangás, que são vendidos em pacotes fechados e claro, já com desconto.
O espaço para alimentação é pífio, mas oras, o evento acontece no centro de São Paulo, uma caminhada de 2 minutos e você acha uma lanchonete ou restaurante.
Ou mesmo tem uma opção de se levar um lanche e comer lá.
Um outro aspecto negativo da Fest Comix é a ausência de um espaço para o pessoal que faz fanzines. Simplesmente não tem, o que ocorre é quando vai lá um grupo ( caso do Quarto Mundo / Petisco Webcomics, Editora Crás, entre outros ) e consegue um estande no evento para mostrar seu trabalho. Talvez isso seja algo a ser trabalhado pela direção do evento.
Não digo fazer algo como o Fanzine Expo, que perde artistas a cada ano que passa, mas algo com nível mais profissional e menos amador.
Talvez o caminho da Fest Comix seja se tornar o mais profissional possível, para si mesma, como evento, como para quem a frequenta e principalmente, para os artistas.
Presença de artistas nacionais são uma constante. Artistas europeus também, idem para os dos EUA.
Esse ano vieram coreanos.
Teve o problema da fila de entrada esse ano, mas creio que isso foi o menor dos problemas. Muita gente que entrou lá saiu carregado de gibis.
Tem o caso da localização, o Fest Comix só acontece em São Paulo, se o evento pudesse ocorrer em outros estados seria ótimo para todo mundo.
Enfim, me representa que o evento, embora falho em alguns pontos é o melhor que temos até o momento no Brasil. E isso é ótimo.

Algumas coisas que comprei lá!










É isso, até mais!
Muito obrigada(o)!
S2

Nenhum comentário: