terça-feira, 14 de agosto de 2007

Trabalhar e Estudar


Em primeiro lugar, isso de trabalho e estudo como nos ensinaram é uma pusta lorota.
Não é só isso.
Como nos ensinaram, devemos ir pra escolha e estudar, obedecer o professor ou professora, pegar livros, ler, escrever no caderno, fazer dever de casa, trabalhos diversos, etc.
Trabalho segue o mesmo caminho: seja empregado, vai pro local de serviço, faz o serviço, pára pro almoço, volta, faz o mesmo serviço, trabalha mais um pouco, saí, volta pra casa, descansa e repte o ciclo.
Meu, que porre! Que droga! Que m*!
Sua vida foi definida em nascer, crescer, estudar, trabalhar, casar, ter filhos, envelhecer e morrer. Qualquer coisa feita fora disso é proibido. ( Autor anônimo ).
Essa afirmação acima é absolutamente verdadeira e nos leva a uma vida rotineira, sem maiores atrativos. Nos chateamos, depois de passado um tempo pela monotonia das coisas. Estudar deixa de ser prazeroso, o trabalho vira um inferno, não raro causando estresse nas pessoas.
Isso tudo porque estamos seguindo a afirmação acima.
Porquê seguimos? Vai saber...A meu ver, seguimos porque se não seguirmos, seremos mortos de forma violenta e cruel por um raio que transpassará nossa cabeça!
( Embora eu pessoalmente nunca tenha visto acontecer com nenhum de meus conhecidos; mas deve ser algo nesse sentido. xD )
Não precisa ser asssim. Trabalhar e estudar não precisa ser uma obrigação, pode ser um prazer.
Como? Bem, vamos ver isso.
Em primeiro lugar "trabalhar" envolve não só o trabalho comum ao qual estamos acostumados, mas sim trabalhar a nós mesmos, o que sabemos e como nos relacionamos com outrem.
Só que esse trabalho não tem chefe chato, não tem local inadequado, não tem relógio, não tem pausa pra almoço, não tem nada!
Então porque não trabalhar?
Olhe-se no espelho, fiquem por algum tempo prestando atenção nos pensamentos que passam pela sua mente sem parar graças ao inconsciente, olhe as pessoas, como elas são fisicamente, note como elas falam, perceba que aquela conhecida puxa no "s" quando fala algo como "assim".
Olhe as árvores, olhe pros pássaros que estão nela, pra onde eles vão.
Observe sua casa, seu quarto, seus parentes, estude-os, trabalhe-os.
Estude você mesmo.
Conheça a si mesmo.
Se você conhece a si mesmo, se estuda, se trabalha você vai passar a compreender melhor as coisas do mundo.
E logicamente de você perante o mundo.
Eu acho muito triste ver gente adulta que não tem a mínima noção do que trabalhar e estudar significam. Ficam achando que é pegar livro só quando vai pra escola / faculdade, que é só trabalhar quando está em casa / serviço, não, não, nada disso!
Quando falamos trabalho e estudo, falamos disso: de estudar além do estudo convencional e trabalhar outras coisas além do trabalho corriqueiro, do dia-a-dia.
Tente fazer algo novo hoje. Seja interiormente ou exteriormente. Pegue um livro que você sempre teve vontade de ler e o leia. Ouça uma música que você não costuma ouvir, ande por uma rua que você não andou ainda e veja ao redor!
Somos limitados por sermos seres humanos, mas o mundo é vasto. Busque o mundo!
Não faça simplesmente o que esperam que você faça. Faça mais do que o esperado!
Não só pros outros, mas para você mesmo.
Trabalhe e estude de fato, não só como lhe disseram que deveria ser.
Vá além.
É isso.

6 comentários:

Kajiya disse...

Putz... Dá vontade de jogar tudo pro alto... E viver a vida. O problema é que vivemos num mundo capitalista... Dinheiro é o que movimenta o mundo... E tempo é dinheiro...

o/

Fabiano Alves disse...

Você não precisa ( seria até temerário ) negar a grana.
Você pode ter dinheiro E fazer algo além de ter dinheiro.
Uma coisa não invalida a outra. Até porque, se tu focar tudo só na grana, chega uma hora vem o vazio!
E daí é que o bicho pega...

Rocco disse...

MAS é facil conseguir dinheiro, kajya.
É só trabalhar. Seja seu próprio chefe.
EMPREENDA.
Pare de chupar pau.

Fabiano Alves disse...

Escuta o Rocco, Mário. Ele fala a verdade. Vê bem, hoje em dia tem um mundo de facilidade de crédito com juro baixo pra tu montar qualquer coisinha e fazer sua grana e não precisar mais de patrão.
Já pensou no assunto? Fazer as suas coisas, ter seu negócio, ganhar grana fazendo algo que tu goste!
De boa? É tanta oferta de crédito por aí que até eu que sou mais lerdo já ando tendo uns insights de ter meu próprio negócio.
Porquê você não poderia também?

FERNANDO disse...

poxa! É isso mesmo que um jovem estudante que trabalha sente, dá uma grande vontade de viver a vida, e não ficar preso a uma vida monótona. o importante é fazer mais o que gosta, pois no final isto é o bom da vida.

The Fool disse...

É por aí Fernando.
A nossa cabeça acostumou com certas coisas que nos foram impostas sem maiores explicações, e a gente, meio por preguiça, fomos levando.
Trabalhar como um condenado e estudar como um infeliz não faz a gente contente. Mas então, oras, façamos de outro modo!
Porque não? Problemas sempre vamos ter. E como vc falou, vamos experimentar fazer as coisas, porque assim a gente descobre coisas novas que gostamos de fazer!
Valeu. =)