segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Crítica - A Jornada do Lupe - 4ª Temporada!



Então, vamos falar da última e por enquanto incompleta "temporada" da aventura de Lupe e seus miguxos fofos e levemente sem-noção?
Ikimasu, minna!
(Sim, imitei mesmo a Mara do blog Mais de Oito Mil, e daí? u_u)

Pessoal, sabem que eu achei essa quarta temporada a mais irregular de todas?
Não por nada, lembram quando eu comentei na ultima crítica sobre uma prisão absurda, estilo hotel 5 estrelas?
Pois é, olhem aqui:
------------------
Um ano depois de serem julgados e condenados, chega o dia em que, Carol que esta com 21 anos, Lupe com 20 anos, Luclock e Rafael (conhecido como Rafa) com 22 anos e Gabriel com 21 anos serão livres. Os policiais chegam com as bandejas de café da manhã e entrega pra todos e até para Ewertton que está com 23 anos e fica no canto da cela longe dos outros.
– Ah que bom! Esse é o último café da manhã que a gente toma aqui– disse Luclock que depois come o pão com suco de uva.
–E eu que pensava que esse dia não iria chegar nunca– disse Rafa que depois come uma maçã.
–Irmão, por favor, pare de ser pessimista, deveria agradecer por esse dia ter chegado– disse Gabriel que depois come mingau de banana.
–Ah amor, que bom que a gente vai sair daqui– disse Carol que dá um beijo na bochecha de Lupe, mas ele não esta com cara de felicidade– o que foi amor? Se anima ae, por favor.
– Eu estou feliz sim Carol– disse Lupe que depois come uma banana e bebe leite.
–Mas não parece que você esta feliz– disse Carol que depois come pão e bebe leite.
–É que eu estou preocupado com o Ewertton– disse o mago que todos param de comer e olham para o mago.
-----------------

Comentários:
Caras, que prisão é essa onde servem tudo isso? Insisto, absurdo.
Mas vamos ver uma outra coisa...

---------------
–É que eu estou preocupado com o Ewertton– disse o mago que todos param de comer e olham para o mago.
–Porque Lupe?– perguntou Luclock.
–Porque daqui a seis dias ele vai ser executado– respondeu o mago.
-------------

Comentários:
Epa, peralá...
Como assim ficar preso por um ano e só depois ser executado?
Como assim?
Ah, tá! É prisão de Rachel, as penas são diferentes, eles engordam o condenado antes de mandar matar, éisso?
Não creio, de boa! x)

----------------

–Não precisam me dizer, eu sei que vocês estão preocupados comigo, mas vocês não podem fazer nada, o meu destino já está traçado, vou ser executado.
–Ãhn, Ãhn– disse Gabriel fazendo o sinal de não para o espiritualista– quem disse que esse é o seu destino? Nós vamos mudar isso, quando a gente sair daqui, eu vou pegar todas as minhas economias pra te tirar daqui.
–E as minhas também e vou convencer Maeho e Billy a colaborar também para pagar a sua fiança e sair daqui– disse Rafa.
–Mas é caro pra me tirar daqui, é 25kk de zenys– disse Ewertton.
–O QUE? 25KK!– disseram os cinco ao mesmo tempo espantados.
–Eu vi pela alma de um policial que veio me deixar, vi ele conversando com o delegado e ele disse que é 25kk pra quem me libertar– disse o espiritualista.

-------------------

Comentários:
Pera, pera, pera...
Prende, manda executar, ok.
DEPOIS DE UM ANO...
Tá.
Prende, manda executar depois de um ano e AINDA PODE PAGAR FIANÇA???
Afinal, querem matar o espiritualista emo ou não?
Ah, as dúvidas!
---------------------

–Sim, eu confesso que foi graças a vocês que eu estou assim– respondeu o espiritualista.
Lupe foi pra perto dele e disse botando a mão direita no ombro esquerdo dele:
–Eu também fui assim, mas graças a eles eu sou um cara feliz.

---------------

Comentários:
Infeliz sou eu por ler essas baboseiras! x(
----------------

–É eu entendi o que você quer dizer cara– Ewertton faz a mesma coisa que Lupe, bota a sua mão direita no ombro esquerdo do mago– é muito bom ter amigos que gostem da pessoa, mesmo que ela tenha defeitos, e mesmo assim eles aceitam como vocês estão me aceitando, ter amigos é uma terapia.

--------

Comentários:
Quem escreveu isso é que precisa de terapia! x(
--------

Os pais de Rafa e Gabriel chegam junto com Maeho e Billy. Rafa e Gabriel correram desesperadamente pra abraçarem os pais, emocionados.
–PAPAI! MAMÃE!– gritaram os dois.
–AH MEUS FILHOS– grita a mãe deles.
Eles abraçaram e os quatro choraram, Maeho e Billy também participaram desse abraço coletivo, Carol, Lupe e Luclock olhavam de longe a emoção deles.
–Eu fiquei preocupada com vocês, entrei em depressão, foi horrível, mas graças a esses dois eu fiquei mais calma– disse a mãe ,se referindo a Billy e a Maeho.

--------------

Comentários:
Manos...a mãe dos malacos fica em depressão porque os filhos tavam trancafiados num Hotel 5 estrelas!
Depressão!
DEPRESSÃO!
Não dá, de boa! x(
----------------

Capítulo 2 – Por uma boa causa

31 de março de 2010, Estalagem de Rachel, 12h30min da tarde

--------------

Comentários:
Olha, deixa eu fazer uma coisa e fazer um resumo da ópera sobre esse capítulo.
Nesse capítulo eles tem que juntar grana pra soltar o Ewertton, simples assim.
E dane-se o spoiler, eles conseguem, tá?
E o mais incrível disso tudo é que não acontece NADA, eu disse NADA que os atrapalhasse de verdade.
O alquimista vende as poções dele, não acontece nada, ele vende e faz grana.
O caçador mata bichos no deserto, pega eles, faz churrasco, vende e faz grana.
Não acontece nada!
Grupinho do lupe faz showzinho na praça de Rachel matando monstros.
De novo, não acontece nada!
Mas o foda, o que lascou mesmo esse capítulo, foi o final.
Porque a idéia era não ser uma coisa fácil, né? E isso deveria ter durado, pelo menos dois capítulos.
Porém, no final do capítulo eis que lemos o seguinte...
-------------------

–Vejo que vocês ainda querem arrecadar dinheiro pra libertar aquele espiritualista não é?– pergunta o ferreiro.
–Sim, e só falta 3kk pra chegar a 25kk e iremos pagar a fiança dele, todos aqui colaboraram e vamos continuar– disse Lupe.
–Mas vocês não precisam mais fazer isso, eu já cuidei de tudo– disse Billy.
–Espera ae, esta querendo dizer que você pagou a fiança de Ewertton?– pergunta Carol se levantando.
–Sim.
–Aposto que é mentira, afinal hoje é o dia da mentira, e você disse que não iria ajudar em nada– disse Luclock se levantando.
–Calma ae vocês três, já que não acreditam em mim, vocês irão acreditar nele– disse Billy.
–Nele quem?– perguntaram os seis ao mesmo tempo.
–Hum–Billy se vira em direção a entrada e grita–PODE ENTRAR!
E finalmente, a pessoa entra na estalagem, e pra a alegria dos seis, a pessoa que entra é o espiritualista Ewertton.
–Bom dia meus amigos, graças ao Billy eu estou aqui.
–Ah Ewertton– Carol saiu do lugar que estava e corre pra abraçar o espiritualista e chora.
–Que bom te ver de novo Carol– disse Ewertton.
Depois de receber o abraço dela o próximo é Gabriel.
–Que bom que você esta bem, cara.
–Eu agradeço a sua preocupação, alquimista Gabriel– disse Ewertton que recebeu o abraço dele.

-------------------

Comentários:
É foda. O ferreiro ricão vai lá, atropela todo mundo, paga a fiança e deu.
Ewertton livre.
Notaram que o capítulo não prestou pra nada?
Foda, foda, foda!
Quase 10 páginas de texto pra nada!
Palmas pro autor, ele é pró!
Pró ao contrário! x)
-------------------------

Capitulo 3 – O inimigo de Ewertton

02 de abril de 2010, Estalagem de Rachel, 13h30min da tarde

---------------------
Quero abrir um parantêses aqui, antes de comentar o capítulo 3.
No original, não era pra esse capítulo existir.
Durante minhas conversas com o Lucas pelo msn, indaguei a ele como o Ewertton tinha ido parar na cadeia.
Pergunta daqui, pergunta dali, ele acabou chegando ao consenso que Ewertton teria chegado na cadeia por ter mexido com algum grandão dentro da cidade de Rachel.
Embora ele não tivesse uma idéia muito certa sobre quem seria o personagem ( sim, ele não pensou em quem seria o personagem, precisou eu falar disso pra ele se tocar! -_- ), ele me veio com esse capítulo.
Aqui somos apresentados a Delima ( nome terrível, mas tudo bem ), um justiceiro que vive em Rachel e que é respeitado como um herói.
Delima possui fãs, que como ele, são justiceiros, usam armas de fogo.
Delima é na verdade um viciado em drogas, e isso foi descoberto por Ewertton, que acabou na cadeia por "precaução".
Sim, eu sei, tosquinho, fosse o Delima um bandido MESMO nunca teria deixado Ewertton vivo, mas essa fic é uma coleção de erros, não?
Então vamos aos comentário desse capítulo.

----------------------------
Depois de almoçar, Carol, Ewertton, Luclock e Lupe conversavam.
–Há muito tempo não como essa comida– disse Ewertton.
–Você deve ter sofrido muito durante o tempo que você foi preso não é?– pergunta Carol.
---------------------------

Comentários:
Carol, a esquizofrênica! Achei que ela tinha ficado presa na mesma cadeia, na mesma cela que ele.
E como assim "sofreu" ??? 
Aham, sofreu muito! Comida boa, piano pra tocar, mano, que viagem!
Luquinhas Emanuel não lê o que escreve, riar, riar, riar! *ri sarcasticamente*

--------------------------
–Aff, que cara mais antipático, e o que ele fez de tão famoso aqui?– pergunta Carol.
–Ele é um herói, disse que já matou alguns MVPs como Abelha Rainha, Bafomé, Edgga, Atroce e Ktullanux– disse Ewertton.
–Espera ai, quem matou o Atroce foi o Billy e quem matou o Ktullanux foi o Lupe– disse Luclock.
–Ele tem fotos dele mesmo matando os MVPS, e quando eu vi, era só arte, desenhos, eu disse sinceramente pra ele que esta mentindo, por isso ele me mandou pra cadeia, por medo, eu vi pela alma dele, ele é uma pessoa viciada– disse o espiritualista.
----------------------------

Comentários:
Povo de Rachel, o mais inocente ever! x)
--------------------------

Um palanque foi montado, tendo fotos e desenhos do justiceiro Delima que diz no microfone:
–Pessoal, eu não sei quem foi que libertou aquele espiritualista, ele é perigoso, ele pode mandar uma maldição pra cima de vocês, cuidado quando vocês forem encontrar com ele, o nome dele é Ewertton.

-----------------------
Comentários:
O interessante da frase acima é que o Delima fala como se existissem vários espiritualistas na cidade, daí a necessidade de citar o nome do Ewertton.
Pro povão diferenciar quem é quem, lol.
Euri.
----------------------

–Pelo visto ele andou sabendo dos acontecimentos recentes– disse Luclock.
–Posso ate ser doido, mas burro eu não sou, e não sei porque eles deram pena de um ano a vocês cinco– disse o justiceiro.
–Deixe eles fora disso, você não queria a mim então eu estou aqui– disse Ewertton.
–Quanto mais gente melhor, deixa eu apresentar o meu exercito de justiceiros– disse Delima que chama o pessoal.
–Não acredito, eles são adolescentes, vão querer nos matar– disse Carol.
–Num vai me dizer que esta com medo do meu exercito lutadora galinha– disse o justiceiro.
–Olha como você fala da minha namorada– disse Lupe com raiva.
–Então esse mago é seu namorado, nossa que ridículo– disse Delima.
–Você deveria se tratar seu doente mental– disse Rafa.
–Quer saber, vamos ver quem vai sobreviver aqui e o publico ficará assistindo aqui de camarote– disse Delima.
A guerra esta declarada, de um lado Delima e seus justiceiros adolescentes, do outro Ewertton, Lupe, Carol, Luclock, Gabriel, Rafa e Maeho.


--------
Comentários:
Ah, nada como um quebra-pau no meio da cidade, com gente assistindo pra dar moral!
Se fosse em qualquer outro lugar ou o povo ficaria horrorizado com isso ou se juntaria ao Delima e faria um linchamento em cima de Lupe e os outros.
Como não é, eles ficam de platéia na maior naturalidade! x)
-----------------

Delima ainda continua procurando por Ewertton e ele grita:
–APAREÇA SEU ESPIRITUALISTA COVARDE!
O espiritualista deu um ataque rápido em cima do justiceiro usando um soco na barriga dele e o Delima geme de dor
–Seu Filho da Mãe, eu sempre odiei você e essas suas previsões ridículas.
–Largue desse vício, pare de tomar essas drogas, você esta se prejudicando– disse Ewertton.
–Como você sabe que estou tomando as drogas, seu figura?– pergunta Delima que o povo solta um OHHH!
–Eu vi pela sua alma, e você vai acabar prejudicando a sua carreira e um monte de fãs seus vão acabar sendo que nem você como aqueles 8 justiceiros que você mandou correr atrás dos meus amigos– disse o espiritualista.
–Cala essa boca seu figura, eu quero mais que você morra!– disse Delima.
Ewertton aproveita e invoca uma magia de espírito:
–KAIZEL!
O corpo dele é envolvido por uma luz branca e azul e depois some. Delima pega uma metralhadora e atira em direção a Ewertton.
–MORRA!
Ele atira várias vezes e os tiros atingem Ewertton e ele cai no chão sangrando e morre.
Delima comemora e atira pra cima e a multidão corre com medo.
–AHHH! Que bom o espiritualista morreu, o bruxo morreu, ele não irá mais me incomodar, HAHAHAHA.
Ele tira uma garrafa do bolso, que continha a droga e bebe e fica mais doido.
–AGORA SIM, VOU FORMAR UM EXÉRCITO DE JUSTICEIROS PRA ACABAR COM GUILDA DOS ESPIRITUALISTAS, NEM DEVERIA EXISTIR ESSA BOSTA DESSA GUILDA.
De repente as balas que estavam alojadas no corpo de Ewertton saem e o espiritualista se levanta, e o justiceiro fica assustado.
–AH NÃO O FANTASMA DESSE ESPIRITUALISTA ESTA AQUI!
–Não sou fantasma, eu ainda estou vivo, eu só me apaguei por alguns minutos e deu pra escutar tudo o que você disse, seu doido– disse o espiritualista.
–Como você conseguiu escutar tudo, seu figura?– disse Delima.
–Eu sou um espiritualista, mesmo que eu esteja apagado por alguns minutos, eu consigo escutar através do meu espírito, e você não vai acabar com todos os espiritualistas– disse Ewertton.
–Ah vou sim, eu sou inimigo deles e de você também seu figura, aliás todos os espiritualistas são figuras só querem aparecer– disse o justiceiro.
–Eu não tenho outra escolha a não ser matá-lo eu não vou deixar você acabar com os meus colegas espiritualistas e eles não são figuras, eles ajudam todas as pessoas, dão conselhos e ajudam nas batalhas.
–BLAH, BLAH, BLAH, eu não quero nem saber, eu vou te matar– disse Delima que mira a metralhadora nele e Ewertton rapidamente dá um salto e o justiceiro erra os tiros.
O espiritualista desce do céu e invoca outra magia de espírito:
-ESTUN!
Umas bolhas espirituais andam em direção ao Delima e quando passa sobre ele, o justiceiro fica atordoado.
–Ai que dor de cabeça, EU ODEIO VOCÊ E TODOS OS ESPIRITUALISTAS!
–Não agüento mais– disse Ewertton que não agüenta mais escutar as palavras do justiceiro e diz outra magia– ESMA!
Dois círculos espirituais cortantes de cor branca aparecem e vão em direção ao justiceiro e o atingem cortando e ele morre em seguida. O espiritualista chora, a multidão aparece e vê o Delima morto e depois olha pro espiritualista e ele diz:
–Me perdoem, ele me prejudicou muito e queria matar todos os meus amigos e a morte é a única saída, porque ele estava drogado.

-------------------
Comentários:
Quer dizer que se o Delima não estivesse drogado ele seria poupado?
Desculpa esfarrapada, hein? x)
-------------------

Em vez de a multidão vaiar pro espiritualista, eles bateram palmas. Billy apareceu entre a multidão e foi lá pra perto do espiritualista consolá-lo.
–Tudo bem cara, você fez o certo, ele não estava sendo ele, estava sendo um monstro.
–Obrigado Billy, eu não queria matar ele, mas a droga estava matando ele por dentro, e vi que não dava certo– disse Ewertton chorando.

----------------
Comentários:
Povo de Rachel, o inocente! - II
----------------

Comentários extras:
Eu não vou comentar as partes 4,5,6 e 7. Não acontece praticamente NADA nelas. Quer dizer, acontecer acontece, eles decidem sair da cidade como era o plano original do autor, descobrem que quem estava no julgamento tentando queimar eles eram os servos do Senhor das Trevas, que por sinal, anda sumido nessa fic. Aliás, como os bandidos somem do nada nessa fic, estamos na quarta temporada e nada demais acontecendo. Nem um desenvolvimento dos personagens acontece, esse é o pecado.
Isso porque o Lupe era pau-mandado lá do Mephysto que é aliado do Senhor das Trevas, tem o  Barão Coruja, a Jirtas, que ainda não fez nada falando nisso...
Mas bem, adelante, né?
------------------

Capítulo 8 –A história de uma grande criadora

-------------------
Comentários:
Pelo título tu tira que vai ter putice.
Um erro comum de quem escreve é atribuir adjetivos para designar personagens diversos.
Oras, quem é essa tal "grande criadora"?  O que ela fez pra merecer isso dentro da história? Deveria ter pelo menos um feito digno de nota para merecer o "Grande", não é?
Porém...vejemos aqui em frente...
-------------------

O apresentador sobe no palco e diz:
–Senhoras e senhores, eu peço um minuto da sua atenção.
Todos que estavam comendo, bebendo e conversando pararam pra olhar pra ele.
–Hoje temos uma grande convidada, uma dica: ela era uma mercadora quando era criança, tem um poring, hoje ela é uma criadora e lançou um livro muito famoso, alguém sabe?– pergunta o apresentador.

-------------------
Comentários:
Oh, eu não faço idéia! 8) Será que era a gurizinha levemente, mas bem levemente sapatinha que tinha um quase-caso com uma alice...? x)
----------------


–É a Maaya– responde uma alquimista que esta sentada numa mesa perto do palco.
–Acertou querida, e ela esta aqui pessoal, uma salva de palmas para Maaya a criadora– diz o apresentador.

-----------
Comentários
Fuuuuuuuuuuuu~  ISSO AÍ virou grande Criadora?
Çey! x(
------------

A criadora apareceu de trás do palco, ela é linda, cabelos brancos e soltos, olhos castanhos e vinha acompanhada com o poring chamado Poi-poi, eles foram aplaudidos, que as pessoas ficaram até de pé para aplaudir.

------------------------
Comentários
De novo, Maaya é linda, é uma grande criadora, é isso, é aquilo, é aquilo outro.
Que merda!
-----------------------

–Meu Deus do céu, se a Lila tivesse aqui ela iria gritar que nem uma louca– disse Carol batendo palmas.
–É verdade amor, eu lembro que ela contou das aventuras dela, Roan, Yuffa e os outros quando a gente estava na Ilha dos Aprendizes– disse Lupe que batia palmas.
–Eu li o livro dela, é muito bom, eu até vi as aventuras dela quando eu li, fiz uma viagem espiritual– disse Ewertton que batia palmas.

---------------------
Comentários:
Ler o livro das aventuras da Maaya é PUTA viagem, nisso eu acredito! x)
---------------------


–Nossa Ewertton, então você fez uma grande viagem– disse Luclock que batia palmas.
–Quem é ela?– pergunta Billy que batia palmas sem entender.

---------------------
Comentários:
Sim, uma SENHORA VIAGEM! X)
E o Billy, o único sensato no grupo, que horror! x(
--------------------

–Boa noite pessoal– disse Maaya que arrancou vários gritos e palmas da platéia– é uma honra estar aqui, eu gosto muito de viajar no aeroplano e muito obrigada por fazerem meu livro serem um dos mais vendidos de Rune-Midgard.

------------------
Comentários:
Platéia comprada pra aplaudir, 1 obtido(s).
-----------------

Poi-poi que estava no chão do lado da criadora, deu uns pulos e Maaya pegou ele e botou no seu ombro e disse:
–Ele é meu filhinho, e ele quer falar com vocês, fala ae Poi-poi.
–Boa noite pessoal, poring,poring– disse Poi-poi que depois riu.
Todos ficaram impressionados que o poring consegui falar, depois eles bateram palmas.
–Por essa eu não esperava– disse Billy.
–Eu também não– disse Luclock.
–Já vi que essa criadora é incrível– disse Ewertton.
–Eu estou começando a ficar fã dela– disse Carol.
–Eu também, já vi que ela cria poções incríveis– disse Lupe.
–Quando acabar vou pedir um autógrafo pra dar pra Lila, ela vai pirar– disse Carol.
–Obrigado por vocês gostarem de mim, eu estou falando graças a minha mãe por ter feito a poção para eu falar– disse Poi-poi.
–Bem pessoal uma dica pra quem quer ser criador que nem eu é você se tornar um bom alquimista, estudar muito e quando for renascer e se tornar um criador, tem que estudar mais, assim vocês terão um trabalho bem recompensado– disse Maaya.

--------------------------
Comentários:
Olha o nível de artificialismo dessa sequência.
Olha como as coisas são forçadas, se isso fosse um auditório de verdade, seria naquele esquema das placas de "aplausos", "silêncio", algo assim.
Primeiro, o poring fala e todos ficam impressionados.
Me pergunto: COMO, dado que no jogo, todos os porings mascotes falam depois de um tempo, naturalmente.
Depois o Ewertton começa a doação de cu do nada, sem mais nem menos pra Maaya.
"Ela é incrível."
E a Carol, claro, como de costume, ajuda!
"Estou começando a ficar fã!"
Pombas cara, ela não fez nada, nada mesmo! Subiu num palquinho ficou de blablabla, mostrou o poring e ela é incrível??
Incrível sou eu por ler essa bela merda isso sim!
--------------------------

–Voces querem perguntar alguma coisa pra a nossa convidada?– pergunta o apresentador pra platéia.
–SIIIIM– a platéia responde.

-----------------------
Comentários:
Putice a vista...-_-
-----------------------

–Eu continue a jornada com Roan, a Yuffa e a Judia, mas conforme foi passando o tempo, cada um tomou o seu rumo, Judia foi criar o filho que teve com Iruga, Roan e Yuffa se casaram e tiveram filhos e eu fui viajando de cidade em cidade, vendendo meus itens até eu me tornar uma alquimista e crie ótimas poções, como essa de fazer um poring falar, não só ele, mas toda a raça poring, como Poporing, Drops, Marin, etc... aí já velhinha decidi escrever esse livro contando a minha história– respondeu a criadora.

-----------
Comentários:
Meu Deus!
Fico pensando na REVOLUTION que foi bichos tão bons quanto DROPS, POPORING E MARIN FALAREM!
Deve ter causado comoção mundial, algo desse nível.
E é por isso que a Maaya é uma grande criadora?
Meh! xP
------------

-----------
Comentários extras
Eu não vou comentar os capítulos, 9,10 e 11. Resumidamente falando, eles se limitam a:

Capítulo 9: Aurion e Anita quebram galho seco no aeroplano e vão pra cima de Lupe e cia. É engraçado notar que 100% dos bandidos usam galho seco nessa fic. As habilidades de classe, que poderiam ser um puta diferencial são sub-utilizadas. Galho seco é a muleta dos bandidos desse fic. Desde a primeira temporada.
Tem um problema?  Quebre galho seco. Simples.
Como de praxe, meia dúzia de personagens vencem as dezenas de monstros que por um milagre chamado falha no roteiro, não avariam a aeronave em nada!
Ah, sim, os bandidos fogem com a famosa bomba de fumaça. As vezes penso que seria mais interessante fazer todos os bandidos menores serem ninjas! Afinal de contas, as habilidades de classe são pouco usadas mesmo, tanto faz!
rs x)
Que massa, né?

Capítulo 10:
As duas sacerdotisas lá, que esqueci o nome estão grávidas esperando pela chegada de Lupe e cia. Ok. Vem o outro grupinho lá tirar um barato e tentar fazer as duas perderem os bêbês.
Tá.
Seria tudo normal, não fosse o seguinte:
1 - Pra variar, eles quebram galho seco.
2 - A luta acontece em Prontera, maior cidade do reino e, pasmen, NÃO APARECE UMA VIVA ALMA ENQUANTO A BRIGA ROLA.
Que se passa, alguém pode explicar? Prontera virou cidade-fantasma? Ou será que a turma do Lupe estava lutando no servidor Odin, que tá vazio pacas, mesmo com a Renovação ativa??
Ah, as dúvidas que me afligem!  u_u

E finalizando, o capítulo 11 é continuação do 10, com o fim da luta, e adivinhem: os bandidos são vencidos e mesmo quebrando um galho sangrento e fazendo aparecer uma Serpente Suprema, os mocinhos ganham. Claro, os vilões somem com bombas de fumaça e eu já vi isso antes; assim, desde a primeira temporada!
Que podre.
===============================
Eu poderia terminar a crítica pela linha acima, mas...não.
Olha, falando sério agora, sem zoar, sem ironia, nem nada.
Eu gosto de ajudar as pessoas. Tenho um pingo de noção que eu saco coisas, tenho idéias que muita gente nem pensa.
Com o Lucas e seu fanfic não seria diferente.
Eu não comentei, mas ele fez um burrada, não, uma sucessão de burradas desde que eu o conheci e ele me mostrou a fic.
A primeira foi sair do site da Nécropole Comercial e ir pra um fansite random de um conhecido dele.
A outra foi ele não ter sacado que o fansite do amigo dele tinha morrido lá pelo começo do ano.
E a coisa mais infeliz que ele poderia ter me feito foi ter dito que "eu não gostava da fic dele, não adiantava e era melhor eu parar de ler mesmo."
Porra!
Eu falei isso pro Lucas no msn, falo aqui, todo mundo que supostamente seguia ele, que enchia a fic dele de flood idiota no site da nécropole largou ele e partiu pra outra.
Essa escumalha de personagens ruins que são os amigos dele, deram tudo pra trás, não queriam ler o que ele escrevia, queriam fazer média.
Uma merda de média!
Só eu, e repito: SÓ EU, tive hombridade de pegar e ler as coisas do Lucas a sério, de dar opinião, mesmo ele não gostando.
Pessoalzinho aí que ficou no elogio vazio foi tudo embora, foda-se ele.
Sabem, eu pensava que quando o Lucas viu a merda que tinha feito trocando a Nécropole pelo sitezinho lá do Lendas de Midgard, ele tinha entendido.
Eu ia dar uma força, explicar mais ou menos como fazer personagens mais consistentes, não tem isso de "ah, mas ninguém mais vai ler!" dane-se, pau no cu disso!
O que importa é ele escrever, ele treinar, talvez virar um escritor decente.
Peguei o Lucas no msn, tivemos uma conversa franca e brava, joguei na cara dele que os sonhos dele, de ter o fic publicado na revista da LUG era uma coisa de uma "grandeza" rídicula.
Ele sonha muito pequeno!
Mesma coisa quando ele pulou no Deviant Art, recebi ele, fiz média, expliquei algumas coisas.
Ele quase pira quando um cara lá disse que poderia fazer uns quadrinhos pra ele.
 Não rolou, o Lucas sumiu do DA e dane-se.
Tá lá no Twitter agora, falando tolice com outros tontos e choramingando aqui e ali em 140 caracteres!
Isso não é um homem de verdade.
É um moleque, só isso.
Um moleque carente de atenção, carente de amor de verdade, carente de uma cacetada de coisas.
Ele é um infeliz!
Um infeliz que escreve fanfic de Ragnarok que ninguém lê, mas na cabeça dele, é um sucesso, deu tantas mil visualizações, é BOA.
Mesmo "boa" sendo um termo pra lá de subjetivo, mas perdoo ele, ele não deve saber o que é subjetivo.
O que importa pra ele, na real é que o notem, ele é um carente de atenção medonho, e como escritor, uma nulidade.
Ele fala pra quem quiser ouvir que vai ter uma Quinta Temporada dessa sucessão de erros grosseiros.
Que tenha!
Ele nunca vai aprender a escrever de verdade.
Primeiro, porque ele não quer. Ele quer que os outros o aceitem e passem a mão na cabeça dele.
Um mendingo pode ser mais digno que ele!
E segundo porque ele não é artista. Ele é uma pessoa comum que pensa que é artista.
É isso.

Fonte da imagem: http://magnaleon.deviantart.com/art/RO-female-High-Wizard-100372189

Quem quiser ler a 4ª temporada pode ir aqui:
http://lendasdemidgard.forumais.com/t82-a-jornada-do-lupe-4-temporada

Ou aqui:
http://www.necropolecomercial.com/site/index.php?option=com_simpleboard&Itemid=43&func=view&id=1996&catid=18

15 comentários:

JoO disse...

"Levemente-tarado-e-gay" <---- okay, acho que eu posso conviver com isso hhuahushushausua

Muito obrigado por gostar do meu blog meio-fofo-meio-gay (sério, to morrendo de rir aqui) e obrigado por comentar também =3 Bem, se vc faria um blog quase igual o meu é pq temos mto em comum! Apareça mais vezes (eu vou tentar aparecer tbém!)

Esse é o banner que eu tenho http://2.bp.blogspot.com/-z_4s_LXNNLU/TY5S-TwoIVI/AAAAAAAAAM4/GEYuNrzLx9s/s1600/Button.jpg

Obrigado por me linkar, assim que eu fizer outro post eu te anuncio na seção de "Amigos" ta?

Mais uma vez obrigado por comentar :3

Obrigado =****

Chef Max disse...

Eu acho que você relevou muito aspectos reais que esperava encontrar em um trabalho de ficção, como é o caso da prisão, artificialismo da multidão, falta de dificuldade para conseguir o dinheiro da fiança, etc.
E essa obra é muito influenciada por anime e se espera diversos aspectos diferenciados do realismo e hipérboles caricatas.

Quando leio suas resenhas sinto como se sua base comparativa fosse Machado de Assis, impossibilitando um julgamento justo para com o iniciante que quer apenas expor as idéias.

The Fool disse...

Max, tu quer que eu entre em detalhes sobre o Lucas e sua obra?
Assim, eu não posso, sério, não posso MESMO ser brando com ele.
Se ele tivesse uns 14, 15 anos, vá lá, perdoava os erros.
Já teve jovem de 17 que escreveu coisa de fanfic e me emocionou, pensei que o Lucas poderia ser um desses, mas...não é.
Enfim, quer que eu explane melhor o que eu acho do Lucas como pessoa e a obra dele?
Abraços!

RAFE disse...

Olá "The Fool", obrigado pelo recado em meu blog, mas me diga uma coisa. Vc tem um button pra eu colocar nos PARCEIROS ? Como retribuição a vc ter colocado RAFE aqui.

Chef Max disse...

@TheFool
Não percebi que era pessoal. Pensei ser uma resenha descompromissada.
Mas se é pra se nivelar ao estilo revista Veja de escrever, está perfeito.

The Fool disse...

@ Max: No caso, não é pessoal.
Eu me ative a comentar a história, não a vida pessoal do Lucas.
Mesmo ele fazendo o favor de escancarar coisas dele via Twitter.
Mas o ponto aqui é que o desejo pessoal dele bate muitas vezes nas coisas que ele faz da fic.
Em resumo: ele não tinha nada demais, começou a postar uma fanfic num site mais ou menos conhecido de quem joga Rag.
Ganhou algum retorno dessas pessoas.
Aqui é o ponto da questão: o ego dele inflou, ele pirou na batatinha.
Ele se acha muitas coisas por escrever fanfic e ser lido, quando não é o caso.
Tanto que ele não entendeu o porque do esvaziamento do fórum da Nécropole, isso é um processo normal dos fóruns em geral. As pessoas foram pra outros lugares, como o Twitter.
O que ele fez? Mudou de fórum, achando que ia carregar uma renca de gente com ele. O que não aconteceu.
Pior, o suposto fansite teve vida útil de pouco mais de 6 meses.
Em algum momento ficou mais parado que o fórum da Necropole.
Daí o Lucas voltou pra NC quando percebeu essa merda.
E olha os comentários dele quando ele posta alguma coisa lá, o desejo dele é a Level Up pegar o fic dele e publicar numa revista de 5a categoria.
Ok, é um sonho pequeno, rídiculo até. Mas porque raios ele então não pega essa fic e publica no fórum do Rag? Ou manda um ticket comentando da fic pro povo da LUG?
Porque a verdade Max, é que ele não quer nada disso.
Porque se ele quisesse, ele faria isso, iria atrás.
Mas ele não quer. Ele quer ser "descoberto"! Como se a Level Up tivesse olheiros nos fansites procurando material pra revista.
Não tem. Tem alguma coisa nos fóruns, mas o Lucas não frequenta lá porque está em ambiente amistoso postando na Nécropole.
Pra que arriscar?
Ele é apenas mais um covarde que se cercou de ilusões pra serem o escudo dele, e que eu, na minha inocência, achei que poderia ajudar.
É isso.

Lionel Ritchie disse...

que isso, o LUCAS tá mandando SUPER BEM. eu mesmo não perco um capítulo da FIC dele, apesar de nunca ter lido. continue assim, LUCAS e ignore esses invejosos.

Chef Max disse...

@TheFool
Você desabafou bastante.
É muito frustrante quando se tenta ajudar alguém e a pessoa não dá importancia. Mas a ajuda não pode ser enfiada goela abaixo das pessoas, ela precisa ser oferecida educadamente e se for recusada isso precisa ser aceito.
Aposto que neste momento existem muitas outras pessoas a sua volta implorando por sua ajuda, basta você saber enxergar.

The Fool disse...

@ Lionel: Tu entendeu! xD Esses monstrinhos de ego só aparecem porque nunca rola uma sincera entre os supostos "amigos".


@ Max: É.
É foda, tento ser bem-educado, não vou mentir que não falo um palavrão ou outro ou xingo, mas não funciona.
O problema não é minha postura é a pessoa que está sendo a receptora.
Mas bem, águas passadas, deixa ele no canto dele.
Valeu por comentar.

Pedro Henrique disse...

Eu acredito que cedo ou tarde ele irá perceber as falhas que cometeu, afinal se fechou para a única pessoa que lhe servia uma critica sincera, mas acho que ele pode aprender por ele mesmo, quando daqui a uns anos, ele rever seu trabalho... Aprendemos muito assim, quando amadurecemos e olhamos para trás...

The Fool disse...

@ Pedro: Ou isso, ou ele pára de escrever e nunca mais chega perto de um editor de texto.
Eu aposto na segunda alternativa.

Ace Hikari disse...

E eu com uma super vontade de ler esse post pequeno.


'-'

The Fool disse...

@Ace: Sois sábio! Poupou sua mente de um texto terrível!
Quero ser como tu quando eu crescer, Ace! 8B

Nope disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ,MDS

The Fool disse...

@ Nope: Maluco, o mais assustador é eu clicar nos links e ver que tá tudo on ainda!
Tudo!
Tá lá, pendurado pra quem quiser ler!
E minha nossa senhora, como isso tá mal escrito! >< Como eu consegui ler essa budega???